Queda

Ícaro, orgulhoso

Afunda sozinho
No mar
Nem pense,
Não tente me levar junto
Se suas asas são de cera,
Azar
Por que eu,
Eu não me apoio em próteses.
Voo sozinha
Livre
Com asas que nasceram das minhas costas
Nos buracos
Que você abriu
A facada

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑